quarta-feira, 18 de julho de 2012

Bruno Moraes




Duvida da luz dos astros,
De que o sol tenha calor,
Duvida até da verdade,
Mas confia em meu amor.
William Shakespeare

:) 18 de Julho




Hoje ouvi uma frase,bem interessante: ''As vezes nos matamos para 
deixarmos vivo,o nosso coração'' achei bem a minha vida essa frase.
Eu cheguei em casa terça passada,e desde então tava arrependida de ter voltado
as vezes priorizo outras coisas entende,mas sempre faço tudo ao contrario.
São Paulo se tornou uma das perspectivas,foi uma boa experiencia,esses medos 
estão diminuindo cada vez mais,eu nem sei se isso é bom.Mas sinto meu peito cada vez mas forte,a cada erro,que me parece um acerto,ontem a Dea,nos falamos por telefone,de como o dinheiro nos toma da gente,
eu vejo minhas fotos antigas e é como eu nem conhecesse mas aquela garota,isso me machuca as vezes,mas por outro lado não me sinto mas insegura e nem inferior.A Dea,agora é evangélica,eu me inspirava tanto no lado negativo dela,ela falou uma coisa interessante,que não a nada oculto que não possa vir a ser revelado e que eu vivo como o vento,que um dia ela foi assim,mas agora está vendo como é importante viver as coisas simples da vida,achei legal isso,mas agora acho bem mas bonito essas coisas nos filmes.
Ha no sábado fui ha um casamento,de uma amiga que passou um tempo comigo na minha casa,
foi muito emocionante,ver como ela reverteu,foi tudo muito lindo.as palavras do Bispo Salomão,senti como se resgatasse
um pedacinho de mim que eu pensei que nem existia mas.Fui com o Bruno,Jéssica e o Rodrigo,eles me divertem.Mas no fim da noite as coisas não foram como eu queria.Mas não vem ao caso,
tinha esquecido também que casar na igreja já foi um sonho.
Um desses que se sabe quando perde...




segunda-feira, 2 de julho de 2012

Falta de tudo

Hoje faz 5 dias que estou aqui e parece que já tem um seculo.
Parece que eu estou vegetando,sinto muita falta de tudo,
ate do barulho quando eu quero dormir.
Aqueles pensamentos malucos rodam minha cabeça o tempo todo,
o sim,o não,a insegurança,será,porque e um monte de besteiras.
Eu lembro do Bruno o tempo todo isso até me irrita,eu preciso
 viver minhas prioridades tambem
assim como ele faz.
Eu me deito de madrugada mesmo assim não consigo dormir,
parece até que estou um pouco mas louca.
Aqui é muito frio...
Ha até mas.