sexta-feira, 12 de outubro de 2012

Bruno Moraes

As vezes parece que eu vou acordar e voce vai esta perto de mim.
As vezes acordo no nada de madrugada e me assusto de não ver voce,fico com aquela impressão vou ouvir voce rindo alto na sala ou me olhando
da porta.
Me senti tão perdida esses ultimos dias,porque passei tanto tempo querendo e pensando que certas coisas nunca aconteceriam então derrepente já estava tudo ao meu redor,e tudo caindo,e é estranho... sabe é como tentar segurar  agua ou outra coisa que não tem como evitar que se escorra entre seus dedos.
Eu me vi morrer aos poucos durante um ano e ao mesmo tempo mas viva que nunca,
voce foi meu maior controle e meu maior motivo de descontrole.
Essa semana tentei ficar bloqueando tudo o tempo todo,mas foi meio impossível,lembrei de voce todas as vezes que passei pela sala,todas as vezes que olhei para aquela parede,ou mesa,o sofá,a cozinha,todas vezes no banho,todas as vezes que me deitei para dormir,todas a vezes que acordei de madrugada,todas as vezes que acordei e todas as vezes que fiz uma refeição,parece que tem um buraco aqui nessa casa,ou no meu mundo ...sei lá,e ouvir aquela musica me dói tanto me passa um milhão de coisas que parecem empreguinadas em mim.Eu penso na casa branca e tudo parece vazio agora,tudo pequeno.Me sinto pisando nos meus próprios cacos.

(Jheneffer Ribeiro)

Nenhum comentário:

Postar um comentário